I ENEGI

É com grande satisfação que damos as boas vindas aos estudantes de nível superior e aos profissionais interessados em obter informações e participar do I Encontro de estudos sobre Tecnologia, Ciência e Gestão da Informação ( I ENEGI).

O I ENEGI será realizado nos dias 12, 13 e 14 de abril de 2010 e contará com diversos estudos, debates e apresentações de trabalhos relacionados ao universo da Gestão da Informação, bem como sua ligação com a Ciência e a Tecnologia da Informação.

As possibilidades de atuação profissional, assim como as necessidades percebidas no mercado quanto à gestão de informações será tema de palestras na Mesa-Redonda do 1º dia de evento.

A Gestão da Informação é uma área em ascenção e a demanda de estudos, análises e pesquisas quanto à área se fazem necessárias.

Iniciamos, então, à Chamada de Trabalhos, onde estudantes de graduação e pós-graduação interessados, podem refletir, analisar e pesquisar, construindo artigos acadêmico-científicos para serem apresentados de forma oral no 2º dia do I ENEGI.

As submissões começarão no dia 25/01/2010 e deverão contemplar alguma(s) das ementas de um dos Grupos Temáticos estabelecidos para o evento.

As inscrições para participação no evento acontecerão a partir do dia 15/03/2010.

Agradecemos a visita de cada interessado e esperamos encontrá-los no I ENEGI.

Fonte: Coordenação Geral do I ENEGI

Maiores informações: http://enegi.org/

BBB

BIG BROTHER BRASIL

Autor: Antonio Barreto

Cordelista natural de Santa Bárbara-BA,
residente em Salvador.

Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia
Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro
Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação
Mas se torna um refém
Iletrado, ‘zé-ninguém’
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha
Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme ‘armadilha’.

Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação
Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval
Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio
Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição
Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Dar muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a crise
Econômica e social
Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério – não banal.

Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano
Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas.
Os “heróis” protagonizam
Um mundo de palhaçadas
Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.
O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.

Talvez haja objetivo
“professor”, Pedro Bial
O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude
Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:
Corpos “belos” na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção
(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor
E escute seu coração.

E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.
Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira.

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil
Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados
Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.

A loja do BBB
Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade
Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,
baixaria e carnaval.
Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual..

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?
Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados
diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal…
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal…

FIM

Salvador, 16 de janeiro de 2010.

Published in: on fevereiro 6, 2010 at 12:03 am  Deixe um comentário  
Tags: , , ,

Twitter

3796245166_c445d47f70_m

Em tempos de Twitter todo mundo se pergunta o que é e o que faz essa nova ferramenta da web.

Foi na tentativa de responder esta e outras várias perguntas sobre o tão falado Twitter, que Juliano Spyer resolveu escrever o livro “Tudo o que você precisa saber sobre o Twitter (você já aprendeu em uma mesa de bar)”.

O livro já está disponível para download, acabei de baixar o meu e pelo que pude ver é bem interessante para quem quer entender a twitosfera.

Aos interessados em conhecer e entender o twitter, fica a dica.

Boa leitura!!!

Published in: on agosto 11, 2009 at 3:19 am  Deixe um comentário  
Tags: , ,

VI Semana de Humanidades UFC/UECE

sem

Na próxima segunda-feira, 27 de abril, terá início a VI Semana de Humanidades da UFC e a VI Semana de Humanidades da UECE, com a temática “Memória e devir”. O evento acontecerá na UFC – Campus Benfica –, na UECE – Campus Fátima – e na Pracinha da Gentilândia.

A programação científica acontecerá nos campus das duas universidades, enquanto que a programação artística e cultural será dividida entre as dependências das universidades e a Pracinha da Gentilândia.

Durante toda a semana serão realizadas palestras, conferências, comunicações orais, mesas redondas, minicursos, oficinas, exposições, exibições de filmes, apresentações de painéis, além de uma variedade de atividades artístico-culturais.

Na ocasião, apresentarei um artigo intitulado “Classificação: da filosofia à folksonomia”, onde abordo, dentre outros aspectos, um pouco da história da classificação, desde as primeiras marcas deixadas pelos estudos filosóficos até a classificação baseada na filosofia colaborativa; enfatizo a classificação colaborativa, emergente da filosofia da coletividade, conhecida como folksonomia, mostrando exemplos práticos e novas possibilidades de interação com os sistemas e serviços.

Além da apresentação do artigo, também ministrarei um curso sobre “A Internet e seus impactos sócio-culturais: a importância da informação em rede”. O curso terá duração de 6 horas, nas quais serão discutidos assuntos como a acessibilidade às informações disponíveis na rede, a confiabilidade e a segurança das informações em rede, a interação proporcionada pela internet, a dimensão das comunidades virtuais e das demais redes sociais, a linguagem emergente da rede, e finalizarei dando destaque aos desafios desta nova sociedade, a qual Castells chama de Sociedade em rede.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site do evento:

http://www.ch.ufc.br/

Confira a programação completa e faça suas escolhas:

http://www.ch.ufc.br/index.php?option=com_content&view=article&id=46:programacao-da-semana-de-humanidades&catid=15:semana-de-humanidades&Itemid=15

Bom evento!!!

Solução para o caos?

Em tempos onde a produção de informações cresce a cada instante, e cada vez em proporções maiores, é comum a sensação de estar desinformado.

Com a crescente produção de informações e com a rápida disponibilização destas na internet, é cada vez mais comum a sensação de que não estamos acompanhando o que acontece.

Esta sensação se estende em âmbito local (informações sobre o bairro, a cidade, o estado, etc.) e em âmbito mundial (informações relacionadas à economia, à política, à educação, ao meio ambiente e aos demais espaços mundias.).

Como não é possível acompanhar tudo que é produzido em termos de informação, é necessário buscar apenas as informações mais relevantes.

Como fazer isso?

Bem, são várias as possibilidades para manter-se informado e não entrar em desespero.

Twittando pela rede, encontrei uma dica interessante no Twitter do Tas (Jornalista e Comunicador de Tv).

Confira a dica: http://tinyurl.com/coaq3a

Published in: on abril 16, 2009 at 2:53 pm  Comments (1)  
Tags: , , ,

Dica da semana

257097

Semana passada foi lançado o e-book “Para entender a internet: noções, práticas e desafios da comunicação em rede”.

O livro foi organizado pelo blogueiro Juliano Spyer e escrito de forma colaborativa por cerca de 38 pessoas diferentes, dentre as quais tiveram participação Alex Primo, Ronaldo Lemos e Sérgio Amadeu.

“Para entender a internet: noções, práticas e desafios da comunicação em rede” trata de assuntos como direitos autorais, p2p, inclusão digital, projeto de lei de controle da web, interatividade e vários outros.

A obra está licenciada pelo Creative Commons e está disponível gratuitamente para download nos seguintes endereços:

http://stoa.usp.br/oerworkshop/files/1333/7925/Para+entender+a+Internet.pdf

http://www.next.icict.fiocruz.br/arquivos/Para+entender+a+Internet.pdf

Boa leitua!!!

Voltando…

Olha ai gente, fui brincar com coisa séria, deu pau no PC, mas tem problema não, já tô de volta e com post novo.

Na última quarta-feira, 18 de março, houve uma palestra, na verdade uma mesa redonda sobre Tecnologias da Informação e Biblioteconomia. A mesa redonda aconteceu nas dependências da UFC – Universidade Federal do Ceará, mais precisamente, no auditório da ADUFC – Associação dos Docentes da UFC.

Na ocasião estavam presentes alunos e professores do curso de Biblioteconomia. A mesa estava composta por Gustavo Henn – mestrando em Ciência da Informação pela UFPB, bibliotecário pela UFPE e escritor do livro “Biblioteconomia para concursos”, Geisa – professora do curso de Biblioteconomia da UFPB e Cauê Araújo – aluno do curso de Biblioteconomia pela UFC.

Recebi o convite para integrar a mesa juntamente com os nomes supracitados, mas tive uma reunião (a qual não poderia faltar) pouco antes  do evento e só pude chegar ao auditório no momento exato de seu início.

Os integrantes da mesa abordaram assuntos como a utilização de serviços digitais e colaborativos em bibliotecas – como blogs, comunidades virtuais, dentre outros; relataram a experiência de Moreno Barros com o uso do Twitter na Universidade Federal do Rio de Janeiro; a implantação de um wiki em uma disciplina do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Ceará; a polêmica sobre o fim do livro, os possíveis rumos da biblioteconomia e dos bibliotecários com a massificação do uso das tecnologias.

O evento foi bem proveitoso, contou com intervenções da platéia e possibilitou uma discussão bem positiva, sobretudo acerca dos rumos da Biblioteconomia.

Tudo indica que outros eventos como este virão em breve. Assim espero.

Ah, da próxima vez farei o possível para integrar a mesa.

Sexta-feira 13 e Linux

Para alguns, a sexta-feira 13 é uma data que causa medo, terror, traz azar, e outras coisinhas assim. Mas, esta sexta-feira 13 não será vista dessa maneira pelos usuários de Linux.

Mas qual a relação da sexta-feira 13 com o sistema operacional Linux?

Pois é, até alguns minutos atrás, eu também não via relação nenhuma. Mas acabei de ler uma reportagem que explica que há relação sim. É que hoje, sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009, exatamente às 21:30 (horário de Brasília), o “relógio da hora UNIX” vai marcar 1234567890, o que irá acontecer? Talvez o mesmo que aconteceu no dia 9 de setembro de 1999.

Bem, em Brasília já são 21:30 e meu computador ainda está funcionando. Ah, claro, esqueci, aqui em Fortaleza ainda falta uma hora para às 21:30, deve ser por isso então.

Se eu demorar muito a postar o próximo post é sinal que deu pau no meu PC. Até logo, ou não!!! =]

Acessando o link abaixo você poderá conferir a reportagem na íntegra:

http://g1.globo.com/Noticias/Tecnologia/0,,MUL1001365-6174,00-SEXTAFEIRA+TERMINA+COM+NUMERO+CABALISTICO+PARA+FAS+DE+LINUX.html#frmPost

Published in: on fevereiro 13, 2009 at 11:42 pm  Comments (2)  
Tags: ,

Sacolas e Camisinhas: uma dica ecologicamente correta

canal_2 “Preservação Ambiental não é moda é uma necessidade”

Tudo começou com um outdoor que gritava essa frase. Era um desses anúncios de roupas de marca.

É que hoje em dia todo mundo fala de preservação ambiental, todo mundo quer uma sacolinha ecologicamente correta, todas as lojas querem distribuir estas sacolinhas para afirmarem que estão contribuindo para a preservação ambiental.

Mas será que as pessoas sabem o que estão fazendo?

Será que estas sacolinhas vão ajudar a preservar o meio ambiente?

Vamos analisar a situação…

Essa semana eu estava no ônibus, voltando para casa, quando uma senhora distinta subiu cheia de sacolas (ecologicamente corretas), pelas logomarcas deu para perceber que ela ganhou ou comprou no próprio supermercado onde fizera suas compras. As sacolas eram bem modernas, cores agradáveis, bonitas, um belo acessório. E era assim que estavam sendo utilizadas. A senhora fez suas compras no supermercado e colocou-as na sua bela sacola ecologicamente correta, até aí tudo correto.

Só que tem uma coisinha que eu ainda não falei, a senhora colocou as compras na sacola (ecologicamente correta) sim, mas isso depois de tê-las colocado em sacolas plásticas. Isso mesmo. O supermercado dá ou vende sacolas bonitas, que ajudam a preservar o meio ambiente, mas continua utilizando sacolas plásticas. Os clientes, por sua vez, recebem as sacolinhas e, em alguns casos, até compram, mas continuam utilizando as sacolas plásticas. Pior que isso, enchem as sacolinhas ecologicamente corretas de sacolas plásticas.

Sem dúvida a idéia da sacola reutilizável é muito boa, e pode sim fazer muita diferença, mas para isso é preciso que as pessoas saibam utilizá-las. Estas sacolas são bonitinhas sim, mas não devem ser utilizadas como um mero acessório, elas têm uma função maior e mais importante que esta.

Comparo a campanha destas sacolas com a da preservação da AIDS. As sacolinhas são distribuídas da mesma forma que se distribui camisinhas, de forma aleatória, sem uma campanha prévia e necessária de reeducação. As sacolas, assim como as camisinhas, são distribuídas, vendidas e muita gente tem acesso a ambas, mas, infelizmente, poucas pessoas sabem quando, onde e como utilizá-las.

Usem as sacolinhas e usem também as camisinhas, mas usem de forma (ecologicamente) correta.

Tecnologia de novo?!!

Depois de um longo tempo sem internet, cá estou eu de volta…

Semana passada, mas exatamente na segunda-feira (19 de janeiro), eu e mais 39 pessoas saímos de viagem.

O destino: Recife!!!

O objetivo: vários, afinal 40 pessoas, 40 ideais, 40 formas de pensar e ver o mundo!!!

A maioria tinha algo em comum, são ou foram estudantes de biblioteconomia!!!

É, mais um encontro de estudantes. Mais um EREBD.

Para alguns, apenas uma viagem para rever os amigos. Para outros, uma oportunidade de discutir assuntos relacionados à biblioteconomia. Para outros, oportunidade de conhecer uma cidade nova.

Para alguns, tudo isso e mais um pouco.

Para mim, além de tudo isso, pude subir mais um degrau…

É, este EREBD vai ficar pra história, pelo menos na minha, é que nesse eu tive a oportunidade de ministrar meu primeiro minicurso (como disse o Pietro – Presidente da comissão organizadora do encontro – “o primeiro de muitos”, assim espero).

Antes da viagem, parabéns, abraços e a pergunta que não podia faltar

“É curso de que mesmo??? Alguma coisa com tecnologia né???”

A resposta não poderia ser outra, afinal, é a área com a qual mais me identifico, é o que leio e estudo, o minicurso foi sim relacionado à tecnologia, e, para minha surpresa, chegando lá, havia bem mais gente do que eu esperava.

Foi uma experiência única, muito boa mesmo, tinha gente de vários estados, todos atentos às minhas palavras e de olho nas imagens da apresentação que preparei com todo o zelo possível.

Durante o mini-curso, discutimos temas como a inserção das tecnologias da informação na biblioteconomia e nas bibliotecas; o papel do profissional da informação em meio às transformações ocasionadas pelo uso das tecnologias; a cultura do compartilhamento a da transferência de dados; a hipertextualidade e hipermodalidade dos documentos em meio eletrônico; a importância da internet na sociedade atual; os desafios enfrentados pela sociedade por conta da “invasão” tecnológica; além de vários exemplos práticos que foram utilizados no decorrer do curso.

Ao final do curso, e ao final de mais um EREBD, só posso dizer que a experiência foi muito proveitosa. Obrigada a todos que participaram do curso, espero ter contribuído de alguma maneira com a formação de vocês.

Até o próximo minicurso!!!

E até o próximo EREBD!!!

A quem interessar, segue a apresentação: http://www.slideshare.net/Airtiane/as-tecnologias-da-informao-e-a-integrao-sciocultural-o-papel-do-profissional-da-informao-frente-a-ciberculturalidade-presentation

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.